Seguidores

terça-feira, 15 de abril de 2014

SEMANA SANTA E PÁSCOA

A Quaresma é tempo de fazer "caminho" com  Jesus para chegar à Ressurreição. Fazer caminho significa conversão e seguimento. A Quaresma sempre nos propõe a olhar os gestos de Jesus e para uma verdadeira conversão.
O que significa converter-se, num mundo que nos propõe todas as facilidades para viver globalmente o individualismo?
    Jesus, ao percorrer o caminho da cruz não  pensa Nele, nas suas dores, mas nas dores de tantos crucificados como Ele, que buscam a Ressurreição. A cruz é sinal de conversão e mudança, transformação para a conquista de mais vida.
    Páscoa,  é passar de uma vida centrada sobre nós mesmos, sobre o nosso egoísmo, para uma vida solidária com os muitos irmãos marginalizados em nossa sociedade. Portanto, o anúncio cristão não para na cruz. No meio de nós está presente Jesus, o Ressuscitado, o Deus vivo. Antes de tomar o caminho da cruz, Jesus  nos apresenta uma proposta de vida, que é um programa de conversão.
   DOMINGO DE RAMOS
É o início da Semana Santa.nós recordamos e entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. O povo soube que Jesus entraria na cidade, ficaram esperando para saudá-lo. A multidão estendia seus mantos e ramos  para jesus passar e todos O saudavam e cantavam dando vivas ao Rei que passava( Mt 21,8-11)
   SEGUNDA-FEIRA SANTA
João 12,1-11 - Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi a Betânia na casa de seu amigo Lázaro. Enquanto Marta servia o jantar Maria  Ungiu os pés de Jesus com óleo de bálsamo e os enxugou com os cabelos. Quantas vezes, nós também temos oportunidade de estarmos perto de Jesus e nos ocupamos com outras coisas. Nós podemos hoje continuar reagindo de uma destas  duas maneiras. Qual delas vamos escolher?
TERÇA-FEIRA SANTA
João 13,21-33 e 36-38 - Jesus prevê que será traído por um dos apóstolos. Pedro também o trai, mas se arrepende e tem sua fé renovada. Temos que lutar para não pecar. E se cometemos temos que tirar proveito deles, pois o arrependimento fortalece nossa amizade com Cristo.
QUARTA-FEIRA SANTA
Mateus 26, 14-25 - Judas está tramando a traição e por 30 moedas de prata entrega o seu Mestre
QUINTA-FEIRA SANTA
João 13,1-15
 Jesus lava os pés dos discípulos em sinal de humildade, purificação e serviço. É também o dia em que se celebra  a Ceia do Senhor com a instituição da Eucaristia, alimento especial  e eterno que Cristo nos deixou. Ao consagrar o Pão e o Vinho, Jesus celebrou a primeira missa e instituiu o Sacerdócio (Lucas 22, 1-23)
Jesus está reunido com os discípulos para comer a ceia da Páscoa juntos. O gesto de se pôr de joelhos diante de cada um dos discípulos para lhe lavar os pés, o Mestre nos ensina qual a maneira mais certa de estar diante dos defeitos dos outros, de suas falhas, seus pecados e nos convida a nos colocarmos de joelhos e lhes devolver a possibilidade de continuar caminhando. Somos convidados a  ser a Igreja do avental, que se coloca a serviço na defesa dos que mais sofrem, dos que não tem defesa. Vamos com coragem, vestir o avental do servir na alegria e testemunhar todos os gestos praticados por Jesus.
SEXTA-FEIRA SANTA
João 18,1-42
Jesus é pregado na cruz. A conclusão da missão de Jesus entre nós ocorreu de forma dolorosa e sofrida, mas a sua fidelidade foi  muito maior. João 19,26-27. Momentos após deu o último suspiro. A graça da Paixão não tem fim: vem inundando constantemente o mundo de paz, de graça, salvação e misericórdia. Cada cristão, pode dizer com convicção: Jesus morreu por mim! De forma particular e Nele depositar sua esperança.
É um dia especial. O sofrimento de Jesus é lembrado pelo povo como sofrimento de todos. São as cruzes que os oprimidos, os abandonados e os marginalizados carregam. Neste dia não se celebra nenhuma missa, mas é distribuída a Eucaristia, que significa a certeza da presença de Cristo vivo e solidário em nosso sofrimento.(Lucas 23, 33-46)
SÁBADO SANTO OU DE ALELUIA
Marcos 16,1-7     Mateus 28, 1-10
É o fim das trevas, da escuridão  e da morte. Acontece a benção do FOGO onde o sacerdote acende uma grande vela , o CÍRIO PASCAL, n ela estão gravadas uma CRUZ e as letras alfa e ômega, a primeira e a última letra do alfabeto grego simbolizando que Cristo é o PRINCÍPIO E O FIM de todas as coisas. O Círio representa Cristo ressuscitado, que é a luz e é acesa durante todas as celebrações litúrgicas até a festa de Pentecostes, quando se encerra o tempo Pascal. Também no Sábado Santo é abençoada a ÁGUA que recorda o nosso Batismo. A Igreja está toda alegre: Nosso Senhor está vivo no meio de nós! Aleluia.
DOMINGO DA RESSURREIÇÃO
Lucas 24, 1-10
É o Domingo da Páscoa quando a Igreja celebra sua maior festa: A Ressurreição de Jesus, que é a passagem da morte para a vida. A ressurreição é a maior  prova de que Cristo é realmente Deus. Jesus está vivo em nosso meio.







terça-feira, 8 de abril de 2014

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2014

FOI PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU


A liberdade de que Jesus fala, é de que a liberdade não deve ser usada para fazer o que é errado; deve ser uma liberdade vivida com amor, alegria, paz, paciência, bondade, lealdade..
 Liberdade, não é simplesmente fazer o que quiser, sem se importar com as consequências.
    Um dependente de drogas pode até dizer: Sou livre, ninguem manda em mim, uso drogas porque quero; mas ele não é livre, está dominado por um desejo que não consegue controlar e que vai ser explorado por alguém que vai estar ganhando dinheiro com isso.
    O mesmo pode acontecer com quem não consegue controlar a gula, a preguiça, sua língua.
     Uns perdem a liberdade porque são enganadas, é o que acontece com o tráfico de pessoas.O traficante promete uma boa situação, convence a pessoa a sair do seu lugar e depois quando está desamparada, é obrigada a fazer o que vai dar a ele um lucro desonesto.
    A extrema pobreza, também pode levar uma pessoa a ser vítima deste processo: como não tem meios de se sustentar( ou de criar os filhos) acaba se colocando a serviço de que não vai tratá-la com dignidade, não vai respeitar  seus direitos e até obrigá-la a fazer algo errado.
    Será que Deus não poderia ter criado as pessoas para fazerem só o bem? Sem possibilidades de coisas erradas ? Se Ele tivesse feito  isso,, seríamos como robôs. Sem capacidade de escolha não haveria amor verdadeiro, generosidade, e tantas outras coisas que fazem as pessoas serem tão especiais.
    Desde o começo, a Bíblia nos mostra a humanidade representada  em Adão e Eva com capacidade de escolher. Se escolhermos desobedecer as leis de Deus, criamos um mundo que não tem mais jeito de Paraíso e produzimos infelicidade. Isso não é castigo de Deus, é consequência da falta de sabedoria na escolha. Se formos inteligentes, faremos o que Deus pede, porque,  como um bom Pai, tudo o que Ele nos manda fazer, é para o nosso bem.
   O resumo de toda Lei de Deus é simples: "Amarás  o teu próximo como a ti mesmo."
   Jesus diz:" O que desejais que vos façam,, fazei-o, vós também a eles" ( Mt 7,12)
   Alguém gostaria de ser vendido como escravo? Então não pode escravizar os  outros. Alguém ficaria feliz se fosse enganado, se alguém se aproveitasse da sua situação de necessidade para tornar a sua vida ainda pior ? Então não engane o seu próximo .Alguém ficaria feliz se o seu trabalho fosse desrespeitado e só servisse para o outro ganhar dinheiro.
  Jesus também dizia que o dinheiro e o lucro, não pode , valer mais que a caridade, o respeito ao próximo, a prática do bem.
  O amor ao próximo e a  prática da justiça são exigências repetidas continuamente na Bíblia. Deus exige isso de nós porque nos ama e sabe que só assim conseguiremos ser felizes d verdade.
Jesus  fala em alegria, apresenta o amor como um  caminho bom, de felicidade.
  Para que essa alegria aconteça, é preciso que todos se importem com todos. Só assim todos estarão seguros, porque todos serão protetores  de todos.
 Todo ser humano é precioso.
    Nesta Campanha da Fraternidade,a Igreja nos convida a contemplar a dignidade humana, que é desrespeitada sempre que uma pessoa é tratada como um simples objeto de lucro, uma mercadoria.
Vamos recorda  que  refletimos nestas quatro semanas e vamos nos apresentar a Deus como pessoas que querem ser sempre capazes de valorizar os outros filhos e filhas de Deus que conosco formam uma grande família humana.
Jesus nos mostra o que Deus  espera de nós. Ele não precisa de nada, mas se sente bem servido quando socorremos os irmãos que precisam de ajuda e sabemos nos comportar como uma grande e verdadeira família solidária. Diante dos direitos roubados de tantos filhos e filhas d Deus, devemos lembrar como o Pai, que ama a todos com amor sem fim, quer uma humanidade em que todos se sintam bem atendidos.


QUANDO O DIA DA PAZ RENASCER( Pe  Zé Vicente)

Quando o dia da paz renascer
Quando o sol da esperança brilhar, eu vou cantar!
Quando o povo nas ruas sorrir
E a roseira de novo florir, eu vou cantar!
Quando as cercas caírem no chão
Quando as mesas se encherem de pão, eu vou cantar!
Quando os muros que cercam jardins,
Destruídos então os jasmins vão perfumar
     Vai ser tão bonito se ouvir a canção, cantada de novo!
      No olhar da gente a certeza do irmão, reinado do povo!
Quando as arma da destruição
Destruídas em cada nação, eu vou sonhar!
E o decreto que encerra a opressão,
Assinado num só coração, vai triunfar!
Quando a voz da verdade se ouvir
E a mentira não mais existir, será enfim
Tempo novo de eterna justiça.
Sem mais ódio, sem sangue ou cobiça: vai ser assim
...

 


QUARESMA E CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2014

QUARESMA

É o período de 40 dias que antecede a  Páscoa, é o tempo em que Jesus passou no deserto, rezando, jejuando e vencendo as tentações .
      A quaresma é o tempo de preparação para a  Páscoa, a maior festa dos cristãos, Inicia-se na  Quarta-feira de cinzas  e termina no Domingo de Ramos, quando celebramos a Semana Santa.
      Durante a quaresma, acontece a  Campanha da Fraternidade. CAMPANHA significa um esforço conjunto, todos juntos se esforçam para melhorar alguma coisa. FRATERNIDADE- Significa acolher o outro como nosso irmão; que é o que somos de verdade porque somos todos filhos de Deus
     Este ano o Tema escolhido é FRATERNIDADE E O TRÁFICO HUMANO e o Lema é: É PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU.
    A Igreja se preocupa e nos alerta para para o grande problema que é o tráfico humano.
Deus, nosso Pai , que criou todas as coisas, mas ao criar os seres humanos, pensou neles como filhos a serem amados.
    Com certeza, toda a criação merece ser bem cuidadas, mas as pessoas, que Deus tanto ama é que não são capazes de amar, precisam ter um tratamento especial.
    Quando, alguém em nossa família é maltratada, achamos que não temos nada a ver com isso?
    Somos todos partes de uma grande família de filhos e filhas de Deus. De alguma forma, tudo que é feito a outro ser humano nos atinge. Se alguém acha que a dignidade de uma pessoa pode ser ignorada, esta pessoa está de fato pondo em perigo a dignidade de todas as pessoas( inclusive a sua).
   Quando respeitamos o outro, estamos indicando que queremos ser respeitados e estamos ajudando a perceber como esse respeito é importante para todos.
   Em Lc 15,1-7 , Jesus pergunta: " Quem tendo cem ovelhas e perdendo uma não deixa as 99 e vai atras daquela que se perdeu? Se Ele estivesse falando mesmo em ovelhas, era fácil achar que, tendo cem, dá pra se conformar por perder uma. Mas as ovelhas aí representam as pessoas e Ele estava querendo dizer que nenhuma pessoa deve ficar perdida, porque o valor de cada uma é imenso. Pessoas não tem preço, cada uma é um tesouro sem fim.
   Quem segue  Jesus não pode se conformar com a injustiça feita a qualquer pessoa, nenhuma vida pode ser desrespeitada.
    Quem faz tráfico de pessoas ( enganando, escravizando trabalhadores e crianças) está tratando um ser humano como se fosse mercadoria. Jesus nunca iria concordar com isso.
    Para Deus, todos somos amados, especiais e únicos. Ele nos acompanha e nunca desiste de nós( Is 49,15), Is 66,13), (Is1,16-18)   Parai de fazer o mal e aprendei a fazer o bem, buscai o que é correto, defendei o direito do oprimido, fazei justiça ao órfão e à viúva.
   Ainda hoje, são os pobres, e os sem recursos que estão mais indefesos diante das tentativas  e das falsas promessas do tráfico de pessoas.
   Jesus, também protestou muito contra quem se diz religioso, mas explora o seu próximo, Ele ficou bem zangado com quem desrespeitou o outro para ganhar dinheiro. É claro que todos precisam de algum dinheiro, mas não se pode , para ganhar dinheiro, fazer alguma coisa que maltrate o irmão.
   Jesus nos fala por meio desta CF que muitos são escravizados porque estão em situação de fome, sem recursos.
   O tráfico de pessoas frequentemente, levam as vítimas para longe de sua terra, para um lugar onde não conhecem ninguém e ficam sem socorro, sem casa, sem roupas adequadas e muitas vezes morrem se ficarem doentes.

ORAÇÃO
Nesta oração, pedimos que venha a nós, o  Reino de Deus, que é um Reino de justiça, onde não há seres humanos desrespeitados e explorados. Nesse Reino, será feita a vontade de Deus, que é o amor com que todos devem cuidar de todos. Pedimos o essencial, representado no Pão-Nosso, sem espaço para a ganância de querer tudo, mesmo que isso custe a vida do outro.
Como muitas vezes, somos fracos, Jesus nos ensina também a pedir perdão e a saber perdoar, porque o perdão é um jeito de começar de novo, escolhendo um caminho cada vez melhor, mais generoso e mais fraterno. Amém!











Cartões de Páscoa

Trouxe para vocês que visitam esse cantinho alguns modelos de cartão de páscoa, espero que vocês aproveitem para presentear as pessoas que vocês  amam.










Estas imagens foram cedidas pelo blog http://violetalilasvintage.blogspot.com.br/
Visitem, pois lá vocês encontrarão imagens lindas.

Oração do Anjo da Guarda







Lembre-se, meu anjo da guarda, que tendo o Senhor lhe confiado minha pessoa,
você é meu protetor e amigo.
Por isso, cheio de confiança em sua bondade que jamais solicitei em vão,
recorro, meu bom amigo e irmão,
apesar se haver muitas vezes desconhecido seus ternos cuidados,
imploro seu poderoso auxílio; não recuse o meu pedido,
santo amigo, ouça meus rogos e propício conceda-me esta graça.
Amém.
Santo anjo do Senhor, meu zeloso e guardador,
se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege,
me guarde,
me governe,
me ilumine.
Amém.

sábado, 5 de abril de 2014

PAI NOSSO DO CATEQUISTA

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU
E também conosco!
Vivemos em tua presença a missão de CATEQUISTA
No  empenho de construir fraternidade com todos aqueles que nos entregas e nos confias.
Teu amor de Pai nos envolve, nos acolhe como filhos e nos leva a ser luz no caminho dos irmãos,
para que juntos descubramos que o céu está no meio de nós!

SANTIFICADO SEJA TEU NOME
 Que Te louvem nossos catequizandos ao sentirem que Te revelas em todas as criaturas.
 Que eles se alegrem ao verem no homem  a Tua imagem e na vida de Comunidade um sinal forte da Tua Presença.
Que nosso esforço de uma catequese libertadora seja um hino constante à Tua glória.

VENHA O TEU REINO
Aquele  Reino que Jesus começou e anunciou:
Reino de  Paz, de Amor, Justiça e Verdade.
O Reino cuja construção confiastes a cada um de nós!
Que nossa catequese seja sinal e instrumento deste Reino,  abrindo os corações de teus filhos para a fraternidade universal.

FAÇA-SE A TUA VONTADE NA TERRA COMO NO CÉU
Tua vontade,  Senhor, é a felicidade de teus filhos!
Que nossa catequese seja "Boa Noticia", a notícia da  VIDA FELIZ: Vida de comunhão Contigo, de amor entre os irmãos e construção de um mundo novo, enquanto peregrinamos em busca da plena Felicidade.

DÁ-NOS HOJE O PÃO DE CADA  DIA

O Pão da Tua Palavra, da Eucaristia, da Tua amizade, da Tua justiça, para que , alimentados, possamos PARTILHAR na gratuidade e sem medir esforços, nossos dons, nossa fé, nosso entusiasmo e tudo o que somos e temos com aqueles que tem fome de libertação.
Que a  nenhum destes teus filhos, sobretudo os mais pequeninos e oprimidos, falte este Pão.
AMÉM!


Também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...